Chat

Visualizado de noticias da Rádio Kerigma


Salmos 50- Rádio Kerigma

Julgamento do seu povo

Postado por Pedro Braga em Quarta 21 02-2018 12:18
  • 220 views

1 Fala o Senhor, o Deus supremo; convoca toda a terra, do nascente ao poente.

2 Desde Sião, perfeita em beleza, Deus resplandece.

3 Nosso Deus vem! Certamente não ficará calado! À sua frente vai um fogo devorador, e, ao seu redor, uma violenta tempestade.

4 Ele convoca os altos céus e a terra, para o julgamento do seu povo:

5 “Ajuntem os que me são fiéis, que, mediante sacrifício, fizeram aliança comigo”.

6 E os céus proclamam a sua justiça, pois o próprio Deus é o juiz. Pausa

7 Ouça, meu povo, pois eu falarei; vou testemunhar contra você, Israel, eu, que sou Deus, o seu Deus.

8 Não o acuso pelos seus sacrifícios, nem pelos holocaustos[86], que você sempre me oferece.

9 Não tenho necessidade de nenhum novilho dos seus estábulos, nem dos bodes dos seus currais,

10 pois todos os animais da floresta são meus, como são as cabeças de gado aos milhares nas colinas.

11 Conheço todas as aves dos montes, e cuido das criaturas do campo.

12 Se eu tivesse fome, precisaria dizer a você? Pois o mundo é meu, e tudo o que nele existe.

13 Acaso como carne de touro sou bebo sangue de bodes?

14 Ofereça a Deus em sacrifício a sua gratidão, cumpra os seus votos para com o Altíssimo,

15 e clame a mim no dia da angústia; eu o livrarei, e você me honrará.

16 Mas ao ímpio Deus diz: Que direito você tem de recitar as minhas leis ou de ficar repetindo a minha aliança?

17 Pois você odeia a minha disciplina e dá as costas às minhas palavras!

18 Você vê um ladrão, e já se torna seu cúmplice, e com adúlteros se mistura.

19 Sua boca está cheia de maldade e a sua língua formula a fraude.

20 Deliberadamente você fala contra o seu irmão e calunia o filho de sua própria mãe.

21 Ficaria eu calado diante de tudo o que você tem feito? Você pensa que eu sou como você? Mas agora eu o acusarei diretamente, sem omitir coisa alguma.

22 Considerem isto, vocês que se esquecem de Deus; caso contrário os despedaçarei, sem que ninguém os livre.

23 Quem me oferece sua gratidão como sacrifício, honra-me, e eu mostrarei a salvação de Deus ao que anda nos meus caminhos.

Julgamento do seu povo
 
Fazemos muitas vezes julgamento das pessoas que estão fora da igreja, ditamos condenação para tais, contudo o julgamento vai acontecer de dentro para fora.
 
Há uma convocação de Deus para o juízo, Ele convoca toda a terra v1, para esse julgamento, e com certeza não ficará calado v3, e o mais interessante deste julgamento é que se refere ao seu povo v4, em Hb 10.30 confirma essa verdade, que Deus julgará o seu povo, 2Co 5.10 diz que todos terão que comparecer ao tribunal de Cristo, Ec 12.14 afirma que Deus trará a julgamento tudo que Está escondido seja bom, ou seja mal, 1Pe 4.17 confirma que este fato começa pela a casa de Deus. Dentro dessa realidade futura, a pergunta é, estamos prontos para comparecermos diante do Grande Juiz? Em quem não há suborno, não julga pela aparência, porque diante dos seus olhos todas as coisas estão visíveis. Hb 4.13 diz que nada em toda a criação, está oculto aos seus olhos. No v21 Deus afirma: “Ficaria eu calado diante de tudo o que você tem feito?” as atrocidades registradas nos versos anteriores dos 16 a 20 mostram a impiedade e cumplicidade dos homens, ficando tudo registrado nos cadernos eternos de Deus. 

Contudo neste tribunal podemos nos achegar com confiança desde que tenhamos com ele uma aliança de sacrifício v5, mas que sacrifício é esse, seria de animais, dos autoflagelos, das penitencias? De maneira nenhuma! Esse sacrifício de aliança está ligado diretamente como o sacrifício de Cristo na cruz, a aliança foi feita por Ele, como João dar testemunho dessa aliança dizendo: “esse é o cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo”, com isso podemos nos apresentar de duas maneiras diante deste tribunal, como a aliança em cristo, o sem essa aliança. Nosso julgamento vai acontecer isso é fato, contudo hoje podemos escolher como vamos nos apresentar diante deste grande dia, com a aliança ou sem ela, esta escolha cabe a nós faze-la. No v6 afirma que o próprio Deus é o juiz, e Ele mesmo dá testemunho contra o seu povo v7, testemunhas podem serem falsas, contudo o testemunho de Deus é verdadeiro, Hb 10.31 diz: “terrível coisa é cair nas mão do Deus vivo!”, porque Ele é Deus seu veredito é verdadeiro. O próprio Deus não precisa dos nossos sacrifícios, pois tudo é dEle v9-13, o que de fato precisamos dá a Deus é a nossa gratidão v14, e gratidão fala de reconhecimento, pois é esse reconhecimento que vai fazer toda a diferença. Mas reconhecer o que? O sacrifício de Cristo na cruz, o justo pelos injustos, para conduzir-nos a Deus 1Pe 3.18. "Quem me oferece sua gratidão como sacrifício, honra-me, e eu mostrarei a salvação de Deus ao que anda nos meus caminhos. V23.
 
Tenha um bom dia na paz de Cristo. Você e eu iremos para esse tribunal, mas de que maneira iremos nos apresentar?

Diácono Luiz Carlos

Notícias Recomendadas

Salmos 87

1 O Senhor edificou sua cidade sobre o monte santo; 2 ele ama as portas de Sião mais...

Salmos 86

1 Inclina os teus ouvidos, ó Senhor, e responde-me, pois sou pobre e necessitado. 2 Guarda a minha...

Faça um comentário

Publicidade

Tocando

Publicidade

Baixe o novo aplicativo da web radio kerigma

Com o site novo não poderíamos deixa de atualiza o nosso aplicativo, baixe agora mesmo nosso novo app. E não perca nem um louvor de nossa programação.