Chat

Visualizado de noticias da Rádio Kerigma


Salmos 28- Rádio Kerigma

Sempre temos alguém do nosso lado.

Postado por Pedro Braga em Quarta 21 02-2018 00:14
  • 174 views

1 A ti eu clamo, Senhor, minha Rocha; não fiques indiferente para comigo. Se permaneceres calado, serei como os que descem à cova.

2 Ouve as minhas súplicas quando clamo a ti por socorro, quando ergo as mãos para o teu Lugar Santíssimo.

3 Não me dês o castigo reservado para os ímpios e para os malfeitores, que falam como amigos com o próximo, mas abrigam maldade no coração.

4 Retribui-lhes conforme os seus atos, conforme as suas más obras; retribui-lhes o que as suas mãos têm feito e dá-lhes o que merecem.

5 Visto que não consideram os feitos do Senhor, nem as obras de suas mãos, ele os arrasará e jamais os deixará reerguer-se.

6 Bendito seja o Senhor, pois ouviu as minhas súplicas.

7 O Senhor é a minha força e o meu escudo; nele o meu coração confia, e dele recebo ajuda. Meu coração exulta de alegria, e com o meu cântico lhe darei graças.

8 O Senhor é a força do seu povo, a fortaleza que salva o seu ungido.

9 Salva o teu povo e abençoa a tua herança! Cuida deles como o seu pastore conduze-os para sempre.

Salmos 28 

Todo ser humano passa por momentos de altas e baixas na vida, a dinâmica da vida sempre acontece, hora estamos bem, hora as circunstâncias nos leva para baixo. Mas o bom de ser cristão é que em todos os momentos temos sempre alguém do nosso lado. Nos momentos felizes temos a quem louvar, e nos difíceis a quem clamar; diz Tiago: 5:13: "Entre vocês há alguém que está sofrendo? Que ele ore. Há alguém que se sente feliz? Que ele cante louvores." Essa verdade foi vivida pelo o salmista, que conhecia bem os momentos que estava passando e em cada um deles sabia se colocar diante de Deus tanto para clamar como para louvar. 

Esse salmo trás o estado do salmista que neste momento não estava bem, mas sabia onde buscar ajuda, suas palavras revela a profundidade da sua alma, seu clamor não era superficial, não se mostrava diante de Deus com palavras eloquentes para impressionar ouvintes, mas com uma alma angústia o fazia súplicas, suplicar não é fazer pedidos superficiais, ou orações que não passa do teto, suplicar é algo que vem do íntimo, da alma. No v2 ele diz: "Ouve as minhas súplicas quando clamo a ti por socorro, ..." O estado da nossa alma vai dizer qual postura teremos perante o Senhor, neste momento o estado do salmista era de angústia e o clamor brotou da sua alma, as vezes o verdadeiro clamor falta palavras e as únicas frases ditas a Deus são as nossas lágrimas, Sl 51:17: "um coração quebrantado e contrito, ó Deus, não desprezarás." Deus ouve o nosso clamor e salmista sabia disto e afirmou: Sl 28:6: "Bendito seja o SENHOR, pois ouviu as minhas súplicas."

Tenha um ótimo na paz de Cristo. O estado da nossa alma dirá como nos apresentaremos diante de Deus, se com súplicas ou com louvores, independentemente de qual será usado diante dEle será aceito se brotar da profundeza da nossa alma.

Diácono Luiz Carlos

Notícias Recomendadas

Salmos 87

1 O Senhor edificou sua cidade sobre o monte santo; 2 ele ama as portas de Sião mais...

Salmos 86

1 Inclina os teus ouvidos, ó Senhor, e responde-me, pois sou pobre e necessitado. 2 Guarda a minha...

Faça um comentário

Publicidade

Tocando

Publicidade

Baixe o novo aplicativo da web radio kerigma

Com o site novo não poderíamos deixa de atualiza o nosso aplicativo, baixe agora mesmo nosso novo app. E não perca nem um louvor de nossa programação.